Fontes: blogs -  temseguranca.com e segurancadotrabalhonwn.com



Apesar de bastante divulgado, os perigos da automedicação ainda é ignorado por muitas pessoas.
Não corra esse risco. Procure sempre um médico para ter certeza de que vai ser medicado corretamente.

DICAS PARA O USUÁRIO:

  • Nunca tome remédios sem receita.
  • Consulte sempre um médico antes de comprar um remédio, mesmo que não precise de receita.
  • Ao chegar no trabalho informe seu superior imediato de que está tomando algum remédio.
  • Na dúvida quanto à dosagem, procure orientação médica.
  • Confira o nome do remédio e a receita para ver se não comprou remédio errado.
  • Não deixe remédios em locais onde crianças possam pegar.
  • Descarte os remédios vencidos.
  • Caso sinta-se mal ao ingerir algum remédio, procure socorro imediatamente.

DICAS PARA O SUPERVISOR
  • Deixe claro aos seus subordinados que devem lhe informar caso tomem algum medicamento.
  • Esteja atento, pois tem pessoas que escondem o uso de medicamentos.
  • Converse informalmente com seus subordinados para obter informações de suas condições de saúde.
  • Se tiver conhecimento de que alguém está utilizando algum medicamento, pergunte a finalidade do remédio.
  • Na dúvida, coloque o funcionário para fazer trabalhos com menor risco durante o tratamento.
  • Se descobrir que a pessoa está se automedicando, encaminhe-a para o departamento médico.



Aos Empregadores um lembrete:


OBRIGATÓRIO SEGUNDO A NR 7.5.1

7.5.1 Todo estabelecimento deverá estar equipado com material necessário à prestação dos primeiros socorros, considerando-se as características da atividade desenvolvida. O material deve ser guardado em local adequado e aos cuidados de pessoa treinada para esse fim.

Como vimos acima se trata de uma obrigação legal a todas os tipos de empresas independente do tamanho, segmento ou quantidade de funcionários. Mas... Atenção! Nesse KIT só deverá conter o material exigido pela NR (esta lista de materiais estão descritas no laudo PCMSO da sua empresa).


NÃO PODE CONTER MEDICAMENTOS

O Artigo 25 do Decreto 20.931 de 11/01/32 deixa claro que é crime prescrever medicamentos sem ter responsabilidade técnica para isso. O código penal também trás regulamentos sobre o assunto.

Não devemos colocar medicamentos de uso oral, nem para dor de cabeça e afins. Algumas pessoas são alérgicas a medicamentos que elas mesmas desconhecem, e se vierem a intoxicar ou sofrer algum mal por causa de remédios do kit sabe de quem será a culpa? De quem montou o kit!